segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Caminha devagar pra não acordar minha saudade... Se não podes cuidar dela, deixa-a dormir!

Aíla Sampaio


Um comentário:

Desde os contos de fadas

Eu te esperava desde os contos de fadas, quando a esperança galopava um cavalo branco e os príncipes existiam; desd...