quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Naufrágio




A um oceano de ti,

meu pensamento é um barco
de velas içadas.
Nada contra a maré,
corre contra o tempo,
esconde-se no meio das vagas.
Entre encontros e despedidas,
navega,
naufraga.


Aíla Sampaio



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por enquanto

O sopro do vento arrastando as folhas A chave enferrujada na porta A jaqueta perdurada no silêncio. Somente seu olhar ...