quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Naufrágio




A um oceano de ti,

meu pensamento é um barco
de velas içadas.
Nada contra a maré,
corre contra o tempo,
esconde-se no meio das vagas.
Entre encontros e despedidas,
navega,
naufraga.


Aíla Sampaio



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para não te esqueceres

Para não te esqueceres das verdades que me dizias brincando, há as ruas que não mais atravessas comigo, há as casas de muro b...