sábado, 3 de agosto de 2013

Vilanias do tempo




Conta-me dos anos que me antecederam e do que fazias quando não me tinhas. Talvez eu compreenda as vilanias do tempo que atrasou o nosso encontro e te fez chegar tarde à minha vida. Conta-me dos meses de solidão e saudade a caberem em poucos dias de abraços e eu te poderei perdoar por conseguires viver longe de mim, mesmo depois de tanto atraso em nossas rotas!


Aíla Sampaio




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desde os contos de fadas

Eu te esperava desde os contos de fadas, quando a esperança galopava um cavalo branco e os príncipes existiam; desd...