domingo, 14 de abril de 2013

O branco do papel lê o vazio da minha mente. Hoje, tudo o que eu penso carece de cor...



Aíla Sampaio


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ele tinha o cheiro esverdeado do sereno que molhava a paisagem quando ela pela primeira vez o abraçou e sentiu como se entrasse num bos...