sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Só há serenidade quando o coração é desocupado de rancores e a alma não guarda na bagagem o ensurdecedor silêncio das mágoas.





Aíla Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Despejo

Meu corpo te deu ordem de despejo. Meu coração, não. Ainda pulsa imberbe o desejo de atravessar a vida ...