Ah, Orides...


Tão bom se eu tivesse acordado antes do epílogo... teria escrito outro desfecho para a nossa história. Mas não acordei e a realidade bateu à porta pra me dizer que não foi um sonho. Pesadelo à luz do dia é ruim porque a gente não tem como escapar acordando... Ah, Orides, você tinha razão: o real nos doerá para sempre!



Aíla

Comentários

  1. Aíla, me chamo Renato Pessoa, publiquei, em junho,um livro de poemas, intitulado O CORPO ARCAICO. Tenho o seu livro AMÁLGAMA,e me comovo sempre no sentido de saber que a poesia está viva. Desejo enviar meu livro a você. Mande-me, se possível, um endereço confiável. Aí segue meu email: renatopessoa_21@hotmail.com

    Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria

um poema inconcluso