terça-feira, 3 de maio de 2011

Pessoas são como bichos





Há pessoas que são ternas como o canto dos pássaros. Elas conseguem acordar nossos melhores sentimentos e nos ensinar que somos livres para ser o que somos. Outras são como as abelhas: só fazem o doce da vida na própria colmeia; se saem dela, picam com seu ferrão, provocando terríveis dores. Há, ainda, as que são como escorpiões. A proximidade humana exacerba sua natureza nociva, e o veneno que escondem escorre nos traiçoeiros botes; vivem do poder danoso dos seus tentáculos, mas, sem eles, são apenas uma inútil carcaça. Salvo os casos patológicos, todos podemos escolher o bicho que nos é conveniente ser. Não esqueçamos, porém, que os bichos não têm alma; nós temos.


Aíla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

À espera de um eclipse

Quando ouvi tua voz pela primeira vez, uma explosão de silêncios me fez entender que nunca mais eu seria a mesma pessoa. Teu ros...