sábado, 16 de junho de 2018

Despejo



Meu corpo
te deu
ordem de despejo.
Meu coração,
não.

Ainda pulsa
imberbe
o desejo
de atravessar a vida
de mãos dadas.

Ainda há,
sob os despojos
do último beijo,
uma estrada
que dá em teus olhos
antes de dar em nada.

Aíla Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Despejo

Meu corpo te deu ordem de despejo. Meu coração, não. Ainda pulsa imberbe o desejo de atravessar a vida ...