terça-feira, 28 de maio de 2013

O suficiente não era o bastante






No começo eu queria os teus finais de tarde. Depois, desejei as tuas manhãs. Mais um pouco e eu quis as tuas noites inteiras; não havia tempo que bastasse pra matar a minha fome da tua presença.

Aíla Sampaio 






2 comentários:

  1. Quando se ama o tempo fica pequeno demais, como se todas as horas voassem e desejamos ardentemente ficar ao lado da pessoa amada para sempre!
    Que assim seja com paz e saúde nos relacionamentos!
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Despejo

Meu corpo te deu ordem de despejo. Meu coração, não. Ainda pulsa imberbe o desejo de atravessar a vida ...