Tua verdadeira pátria





Eu roubaria o fogo dos deuses
e enfrentaria a fúria de Posseidon
para que tu  cruzasses o mar, 
e, como os teus antepassados,
errasses o caminho das Índias
e pudesses chegar ao meu país. 
Eu aprenderia as artimanhas de Hera
e a sabedoria de Atenas
para que o teu coração navegante
se tornasse o meu porto seguro.

Eu roubaria os feitiços de Circe
e a paciência de Penélope,
para fazer-te ficar em meus braços
como quem volta pra casa.
E te contaria todas as histórias
que Sherazade sabia
para encantar-te com o meu amor,
até que ele te lavasse definitivamente
ao meu corpo - tua verdadeira pátria.

Aíla Sampaio 




Comentários

  1. Parabéns, você simplesmente encanta e enfeitiça com sua poesia, com sua sensibilidade.Linda demais !!
    Deus abençoe vc grandemente , seja sempre assim ,a poetisa sensível e de alma tão linda que nos dá a certeza de que através de suas palavras Deus é contigo sempre.Beijos, sua fã,Eloisa -MG

    ResponderExcluir
  2. Somente uma grande poetisa poderia com tamanha sensibilidade, envolver belas historias, grandes personagens, num relacionamento desejado em desejos...
    O amor...fonte dos poetas...inspiração nossa de cada dia...

    Www.prsantosmissao.blogspot.com

    Se interessar, estou neste Blog...acesse e siga-me, se quiser...sera um enorme prazer...

    Abracos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria