Guardados







Guardo de ti o inapreensível,
o olhar fulgurando em silêncios
a nudez descarnada do pensamento.
Guardo de ti o que nunca me deste,
o que a vida fartamente te negou
e fez a mim faltar.
Guardo de ti as ausências prolongadas,
a mudez escandalosa
e o beijo adiado para nunca mais.


Aíla Sampaio





Comentários

  1. LInda !!!! Simplesmente linda!!
    Parabens Aíla, amei, vc de novo surpreendendo ...Deus a abençoe sempre.
    Beijos, Eloisa.

    ResponderExcluir
  2. Aíla Sampaio!
    Estou muito emocionada em te ver em minha galeria de seguidores.
    Não podes imaginar o quanto.
    Sinto-me honrada e feliz.
    Eu amo teus trabalhos.
    Não perco uma postagem.
    E vez ou outra presenteio meu céu da felicidade
    com um trabalho teu...ele fica deslumbrante contigo presente.
    Muito obrigada...do fundo de minha alma.
    Parabéns ...Seja sempre muito feliz!
    Abraços com carinho fraternal..
    vera portella

    ResponderExcluir
  3. Orbigada, Eloísa... Obrigada, Verinha! Adorei o seu espaço, é, realmente, um céu de felicidade. Fico feliz de estar por lá de vez em quando. Um super beijo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria