Entretempo






Fez sol no entretempo
entre o teu pensamento e a minha decisão;
até pareceu que a data estava marcada
para o céu amanhecer azul
sob a cinza do nevoeiro.
Não importa que a chuva tenha caído depois
ou que o tempo tenha descumprido
todos os nossos acordos,
nos encontramos, afinal, e nada pode
apagar o que vivemos
nem tornar metade o que sempre será inteiro.

Aíla Sampaio



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria

um poema inconcluso