terça-feira, 6 de março de 2012

O silêncio



O silêncio do que não houve
não me comove;
apenas move interrogações
que ficarão sem resposta,
pois o tempo não ouve o passado
só escuta o presente.

Aíla Sampaio

Um comentário:

Ele tinha o cheiro esverdeado do sereno que molhava a paisagem quando ela pela primeira vez o abraçou e sentiu como se entrasse num bosqu...