domingo, 23 de outubro de 2011

Sem aviso




Nada com aviso de provisório ou permanente me agrada. O tempo e as circunstâncias é que devem determinar a duração das coisas. Meu coração tem seu próprio calendário e não obedece às vontades ou determinações alheias.



Aíla Sampaio

Um comentário:

  1. Acredito que nem calendário o meu coração possui. E se possuir, eu o arranco-lhe com garras poderosas de ternura. Quem já viu coração meu, obedecer regras impostas por alguém... Nem as minhas ele tem de a obedecer!

    ResponderExcluir

Por enquanto

O sopro do vento arrastando as folhas A chave enferrujada na porta A jaqueta perdurada no silêncio. Somente seu olhar ...