domingo, 23 de outubro de 2011

Não me importa se numa bandeja de prata ou num caco de telha, desde que me dês inteira a deliciosa polpa do momento


Aíla Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desde os contos de fadas

Eu te esperava desde os contos de fadas, quando a esperança galopava um cavalo branco e os príncipes existiam; desd...