quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Rascunhos


Desentendimentos não passados a limpo deixam sempre o amor e a amizade no rascunho... como textos que se escreveram para não serem lidos; como papéis amassados e jogados nos desvãos da alma!
Aíla Sampaio

Um comentário:

Por enquanto

O sopro do vento arrastando as folhas A chave enferrujada na porta A jaqueta perdurada no silêncio. Somente seu olhar ...