A primavera não voltará



Quando caírem as últimas folhas do outono
talvez tu te lembres que a primavera
não poderá voltar.
Terás uma lembrança, um retrato talvez,
mas não o amor que eu te dei
e que deveria durar para sempre.
Talvez tu sintas saudade
mas já não poderás matá-la;
talvez queiras de volta as flores
mas já não haverá semente
nem terra onde plantar teus olhos distraídos.
Terei partido num descuido teu qualquer,
sozinha, na noite escura ou ao sol poente,
levando o sentido e as cores da vida
que, nem percebias,
estavam o tempo todo comigo.






Aíla Sampaio
27/08/2010

Comentários

  1. Quando caírem as últimas folhas do outono
    talvez tu te lembres que a primavera
    não poderá voltar...

    QUE LINDO!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei. As mulheres sabem as palabres certas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria