O AMOR

 

O amor acontece quando não esperamos. Desidealizado num sorriso que transcende o arco-íris, ele amanhece as alegrias há tempos adormecidas e amacia os ninhos há muito esquecidos na aspereza dos longos invernos. O amor, não tenho dúvida, vem sempre embrulhado nas cores do inesperado, dobra as esquinas do desconhecido para nos surpreender e nos habitar como se desde sempre e para sempre, além do bem e do mal.

AílaSampaio
 
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria