sexta-feira, 20 de maio de 2011







 
Cansei de coisas mais ou menos, de pessoas razoáveis e situações quase.
A maturidade me fez exigente: quero a vida em sua inteireza, sem
gambiarra.










Um comentário:

  1. ...nos cansamos porque nada pela metade faz sentido. Qual a emoção de contemplar o pôr-do-sol pela metade? Apreciar um bom filme pela metade? São meias sensações e é o mais ou menos que nos inquieta que nos pára e nos nostalgia...Sábias palavras queridas!!! Abraços e bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Despejo

Meu corpo te deu ordem de despejo. Meu coração, não. Ainda pulsa imberbe o desejo de atravessar a vida ...