Palavra


ainda te necessito
para despir os meus silêncios.
Lâmina cortante ou ungento que sara,
és tu, palavra, a vestimenta das histórias,
o vento que leva toda mágoa
ou o anjo que anuncia as boas novas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO

Calmaria

um poema inconcluso